Ano novo, vida nova?

Existe grande esperança com chegada de um novo ano. É um período onde fazemos uma analise dos nossos sonhos, objetivos e projetos; é geralmente, um momento de muita alegria, momento de renovar as esperanças e acreditar no futuro. Mas, se os primeiros dias do novo ano indicarem o que se deve esperar pelo restante deste, lamento dizer, mas nós brasileiros estaremos perdidos.

Desde a manhã do dia 01 de janeiro, tenho assistido nos noticiários a violência, cada vez mais frequente em nosso país, se destacar na modalidade dos “arrastões”.

Em Praia Grande, teve arrastão na virada do ano. Na confusão, um turista da capital foi morto com um tiro no pescoço cinco minutos antes da queima de fogos. Um cinegrafista amador gravou o corre-corre logo depois do crime.

Em Guarujá também teve confusão durante o Réveillon. Foram cinco arrastões em duas praias, Pitangueiras e Enseada. Dezenas de pessoas foram vítimas dos bandidos. Onze homens foram presos e cinco menores apreendidos. Em Santos, moradores e turistas foram assaltados depois da queima de fogos. Um cinegrafista amador registrou um tumulto e a reação da PM com bombas de gás lacrimogêneo.

No dia 07, desse mês de janeiro, um policial e o proprietário de um bar foram baleados durante um arrastão no bairro Planalto Uruguai, Zona Leste de Teresina.

Vinte e uma pessoas foram presas e apreendidas entre a sexta-feira (9/01/15) e esta segunda-feira (12/01/15) na Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, durante as operações também foram apreendidas 14 armas de fogo e aproximadamente dois quilos de drogas nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Baía da Traição, Patos, Lagoa Seca, Boqueirão, São Miguel de Taipu e Patos.

No dia 10/01/15, houve arrastões realizados nos bairros de Manaíra, Bessa, Avenida Epitácio Pessoa e no Cabo Branco.

O domingo (11/01/15) foi de confusão em pontos distintos da Zona Sul do Rio. Na praia de Ipanema, o lazer foi interrompido por ameaça de arrastão, que culminou em correria e ação policial nas areias. Em Laranjeiras, um grupo de jovens promoveu arruaça e roubos em série, o que deixou em pânico quem passava na região. Na Cinelândia, no Centro, público do Theatro Municipal ficou acuado dentro do prédio sob ameaça de assaltos na saída.

No dia 13, turistas e moradores de Balneário Camboriú, no Norte de Santa Catarina, foram surpreendidos por um arrastão na Praia Central. Um grupo com cerca de 20 jovens assaltou pedestres na orla da Avenida Atlântica.

Essa onda, de arrastões, que está se propagando em todo o país, me levou a pensar se isso faz parte de algum plano do crime organizado sendo colocado em prática. Fato é que, nosso país grita por socorro, pois somos nós, cidadãos de bem, que ficamos com medo de sairmos de casa. São nossas casas que ficam cercadas por grades, câmeras, dentre outras formas, de uma vã tentativa de nos sentirmos seguros. Somos nós, que mudamos nossos hábitos, diminuímos ou trocamos nossa forma de lazer com a família, porque não é mais seguro ir às praias, ou ao teatro. E são os turistas e seus familiares, que sofreram com a insegurança em nosso país, que muito provavelmente, jamais retornarão por aqui em suas viagens de férias.

Como acadêmica em Direito, não poderia deixar de citar nossa Carta Magna, em seu art. 6º, onde diz:

São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. (Art. 6º / Constituição da Republica Federativa do Brasil de 1988).

Claramente, não é a realidade vivenciada no Brasil, pois falta, a boa parte da população, quase todos os itens mencionados no referido texto constitucional. E quanto à parcela abastada de nosso país, podem não carecer de todos os direitos instituídos pelo artigo 6º, mas compartilham da falta de segurança no seu dia a dia.

Me entristeço profundamente com a situação de nosso país. Não vou se quer entrar no âmbito dos escândalos de corrupção, do descaso com a saúde e educação, e nas gritantes diferenças econômicas e sociais predominantes no Brasil, estou tratando, nessa minha reflexão, somente sobre a insegurança que estamos vivenciando. Sobre a insegurança, da qual também sou vitima.

Há poucos anos, fui assaltada por volta de 8h da manhã, quando me dirigia ao ponto de ônibus, felizmente, nada me aconteceu, a não ser pelo estresse causado. Menos de 3 minutos após o assalto, passei a um policial todas as informações pertinentes, e o que ouvi dele foi: “Agora eles já devem estar entocados com sua bolsa na favela, e você nunca mais verá suas coisas”.

Ouvir isso de uma autoridade, alguém que supostamente está ali para te proteger e servir, foi tão assustador como o assalto.

Me pergunto, até quando nosso país suportará tudo o que têm passado? Até quando veremos a injustiça, a criminalidade e os demais desrespeitos à nossa Constituição, crescer e nos incapacitar?

Se os primeiros dias de 2015, forem amostra do que ainda virá pela frente, qual a esperança podemos ter para esse ano que se iniciou?

Referências:

G1. GLOBO. COM. Nove são detidos após arrastão na Praia Central de Balneário Camboriú. Disponível em: http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/verao/2015/noticia/2015/01/nove-são-detidos-apos-arrastao-na-p…. Acesso em: 14/01/2015

G1. GLOBO. COM. Policial e dono de bar são baleados durante arrastão na Zona Leste. Disponível em: http://g1.globo.com/pi/piaui/noticia/2015/01/policialedono-de-bar-são-baleados-durante-arrastao-na… Acesso em: 07/01/2015

G1. GLOBO. COM. Grupo é detido por promover roubos e tumultos na Zona Sul do Rio. Disponível em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/01/grupoedetido-por-promover-roubosetumultos-na-…. Acesso em: 11/01/2015

G1. GLOBO. COM. Assaltos e arrastões marcam o fim de ano no litoral de São Paulo. Disponível em: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2015/01/assaltosearrastoes-marcamofim-de-ano-no-litoral-…. Acesso em: 05/01/2015

G1. GLOBO. COM. Polícia prende e apreende 21 pessoas durante final de semana na Paraíba. Disponível em: http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2015/01/policia-prendeeapreende-21-pessoas-durante-final-de…. Acesso em: 12/01/2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s